O Instituto

De onde viemos...para onde vamos!

O Instituto Cazul surge de uma necessidade simples e, por isso mesmo, genial.

Promover o Desenvolvimento Sustentável para além das ideias, mas atingindo a realidade prática

de vidas, organizações e mentes.

 

A proposta

O Instituto Cazul cristaliza a vontade de promover, em organizações humanas, o Desenvolvimento Sustentável de suas operações - nas dimensões Econômica, Ambiental e Social -  para assim dar vida a uma cultura de sustentabilidade.

Dimensão Econômica

Todas as entidades sempre buscam organizar-se para produzir algo mais que simplesmente a união de seus colaboradores, buscam assim a produtividade, o excedente, o valor agregado ao incialmente empenhado. Esse resultado prático, quando supera quaisquer custos, chama-se vulgarmente "lucro" quando se trata de uma empresa comercial ou mercantil. Da mesma forma, as entidades públicas, ao produzirem serviços, geram o "lucro" de bem-estar, ordem e civilidade que uma sociedade precisa para se manter coesa e pacífica. Pode-se dizer então, que a dimensão econômica traduz a coerência externa de um ente em relação aos demais, o que pode ser avaliado como uma concorrência (quando iguais, oferencendo assim os mesmos resultados) ou como um intercâmbio (quando diferentes, oferencendo resultados distintos). Daí que esta dimensão deve responder ao "para quê estamos fazendo?". 

Dimensão Social

De forma análoga, os resultados sociais das entidades criam as realidades intra e inter específicas em seus campos de atuação. A maneira como uma organização, indivíduo ou sociedade interage com seus iguais traduz a competência e a resiliência necessárias para a sua continuidade, ainda que para isso precise passar por adaptações que podem mesmo modificá-la permanentemente. Em nível individual, esta dimensão pode ser observada pelas valores e hábitos recorrentes; no nível organizacional, em condições morais e éticas; enquanto que nas sociedades pode se traduzir como a interrelação dos níveis anteriores, num processo de feedback contínuo e co-constituído. Assim, esta dimensão responde ao "com quem estamos fazendo?". 

 

Dimensão Ambiental

Aqui, a ideia é a busca permanente de coerência externa dos indivíduos, entidades e sociedades com elementos diferentes de sua natureza, mas que por isso o circunscrevem. É o caso do relacionamento humano com a natureza em suas diversas fontes de recursos (minerais, vegetais, espaciais), mas também é o ambiente em que se observar interações das dimensões anteriores (econômica e social, concomitantemente). Para este último caso, é possível considerar em uma entidade o clima organizacional como um elemento ambiental de suma importância para a qualidade de vida dos colaboradores envolvidos. O mesmo ocorre no indivíduo, que naturalmente cultiva um ambiente mental de onde suas ideias surgem. Dessa forma, a dimensão ambiental deve responder ao questionamento de "onde estamos fazendo?".  

   

A Equipe

Rafael Lima

Colaborador-Presidente

Formado em Economia e Relações Internacionais pela UFSC, Rafael Lima é Mestre com ênfase em Economia Política e Desenvolvimento Sustentável. Desde o início de suas atividades acadêmicas e profissionais, estuda o Desenvolvimento Integral do Ser Humano e da Sociedade, com a clara intenção de emancipar o ser humano de suas necessidades básicas por meio da construção de uma cultura de paz.

Diogo Oliveira

Colaborador-Tesoureiro

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Catarina. Fez parte da Comissão Nacional das Jovens Lideranças Contábeis do Conselho Federal de Contabilidade. Tem especialização em Direito Administrativo e Licitações pela Universidade Cândido Mendes. Atualmente é graduando em Administração Pública na UFSC e Mestre do Programa de Pós Graduação em Administração Universitária da mesma Instituição. Desenvolve pesquisas em Educação Inclusiva, Políticas públicas e pessoas com deficiência.

Thaynara Tonolli

Colaboradora-Secretária Geral

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Catarina e Especialização em Administração Pública pelo Instituto Superior de Educação Ibituruna. ​Atualmente é graduanda em Administração Pública na UFSC e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária pela UFSC. Estuda Ecossistemas de Inovação, Tecnologia, Sistemas da Informação, as Interações entre universidade, indústria e governo, que formam a tríplice hélice de inovação e empreendedorismo. Além disso, pesquisa como esse mecanismo, através da geração de emprego, renda e arrecadação de impostos, estimula o investimento de capital, a retroalimentação do desenvolvimento do ecossistema e o crescimento econômico e desenvolvimento social.

samara.jpeg

Mestra em Administração e Graduada em Relações Internacionais pela UNISUL. Atua na temática do Desenvolvimento Sustentável, e possuí grande experiência em projetos de parceria internacional. Com foco no estudo sobre a importância da implantação de cidades sustentáveis, com a finalidade dos centros urbanos se tornarem mais resilientes, inclusivos e humanos.

Samara Neiva

Colaboradora - Projetos

Cláudia Moschetta

Colaboradora - Projetos

Formada em pedagogia com habilitação em administração escolar pela ACE de Joinville. Atuou durante 10 anos na área da educação, como professora e coordenadora, oferencendo soluções para a área pública em escolas de ensino infantil e fundamental. Nos últimos 25 anos como gestora de empresa privada e percebeu a necessidade de aproximar os universos público e privados na construção de um paradigma sustentável e harmônico social, econômica e ambientalmente. 

©2020 Cazul.